Cientistas descobrem uma molécula ‘esquisita’ na maior lua de Saturno

A NASA publicou em seu site na terça-feira (27) que, através de um gigantesco radiotelescópio no Chile, uma equipe de cientistas conseguiu identificar uma molécula “esquisita” na atmosfera de Titã, a maior lua de Saturno. 

A molécula em questão, desconhecida até mesmo entre alguns químicos, é o ciclopropenilideno, ou C3 H2. De acordo com os cientistas, essa molécula simples, baseada em carbono, forma partes das nucleobases de DNA e RNA, estruturas que carregam o código genético da vida, embora a descoberta não signifique necessariamente existência de vida em Titã. 

Leia mais…

O Conteúdo de Notícias do Publicar Artigo é tirado de sites de notícias da internet.

Alguns conteúdos são patrocinados e pagos por empresas que nos procuram para melhorar suas vendas e acessos.

Fale conosco.

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp