Presidente do Peru volta a enfrentar processo de impeachment

Vizcarra voltará a enfrentar uma votação de impeachment nesta segunda

Vizcarra voltará a enfrentar uma votação de impeachment nesta segunda

Presidência do Peru via Reuters – Arquivo

O presidente do Peru, Martín Vizcarra, enfrenta um julgamento de impeachment nesta segunda-feira (9) devido a alegações de corrupção. Não é a primeira vez que o político se vê numa situação dessas. Ele já sobreviveu a votações que tentaram afastá-lo em setembro deste ano e também no ano passado.

Leia também: Presidente do Peru é alvo de novo pedido de impeachment

Mesmo sem partido, o centrista Vizcarra tem chances de sobreviver mais uma vez, graças à fragmentação do Parlamento atual. Mesmo assim, a votação é imprevisível.

Para retirar o presidente, o Congresso precisa reunir 87 votos dos 130 parlamentares. Na votação de setembro, só 32 da câmara votaram a favor de sua saída.

Presidente nega acusações

Vizcarra negou as alegações “infundadas” de que aceitou propinas de empresas que obtiveram contratos públicos quando ele era governador de Moquegua, região do sul do Peru. Ele, por sua vez, acusou o Congresso de “brincar com a democracia”.

“Nas últimas semanas, fui atacado sistematicamente através da disseminação de reportagens cujo objetivo principal é danificar a confiança que o povo peruano depositou em mim”, disse Vizcarra em um comunicado na noite de domingo.

O Conteúdo de Notícias do Publicar Artigo é tirado de sites de notícias da internet.

Alguns conteúdos são patrocinados e pagos por empresas que nos procuram para melhorar suas vendas e acessos.

Fale conosco.

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp