Rajadas de rádio se originaram de magnetar dentro da Via Láctea

Em 28 de abril deste ano, o radiotelescópio Canadian Hydrogen Intensity Mapping Experiment (CHIME) capturou um sinal tão intenso que, na hora, o sistema não foi capaz sequer de quantificá-lo. A primeira Fast Radio Burst (FRB, ou explosão rápida de rádio) detectada na Via Láctea veio mesmo, confirmou-se agora, do magnetar SGR 1935+2154, dentro de nossa galáxia.

Na verdade, foram registradas duas rajadas – a segunda, acompanhada de emissões de raios X mais intensas do que a média.

Leia mais…

O Conteúdo de Notícias do Publicar Artigo é tirado de sites de notícias da internet.

Alguns conteúdos são patrocinados e pagos por empresas que nos procuram para melhorar suas vendas e acessos.

Fale conosco.

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp
01511987618725